QUINTA DA LAGOALVA DE CIMA – O ENCANTO DA HISTÓRIA


logoSociedade Agrícola da Quinta da Lagoalva de Cima, SA
Lagoalva de Cima – 2090 222 Alpiarça
Telf. 243 559070 – Fax. 243 557266
email. lagoalva@nexinet.pt

A Quinta da Lagoalva de Cima estende-se pela margem sul do rio Tejo na freguesia de Santo Eustáquio de Alpiarça, a cerca de 2 km desta vila.

XPQA2PAXX1012bkTuX4FMTBZKU

Zona natural de especial beleza a Lagoalva pode proporcionar a qualquer visitante o encontro com a natureza especialmente através da sua ligação ao rio Tejo; e os seus raros contrastes entre zonas de regadio em grandes extenções planas e as zonas de florestas em declive. Assim como a aliança entre a “tradição” que representa o complexo arquitectónico; com a velha casa setecentista e outras construções para apoio laboral, e as novas oficinas correctamente adaptadas ás exigências contemporâneas.

2foto_2

Sendo uma das Quintas mais importantes da região constitui uma comenda própria dependente da Ordem de Santiago, tutelada na 2a metade do séc. XVIII por um dos membros da família e Casa Lavre.

XPQA2PAXX1008bkTuX4FMTBZKU

Em 9 de Dezembro de 1776,na comenda da Lagoalva, foram feitos investimentos vários mandou-se abrir uma vala para obrigar o rio Tejo a seguir o seu leito natural, construindo um dique em estacada. Tentando minimizar os efeitos das cheias do rio. Reduziu-se terras maninhas e espargais a cultura agrícola. Mandou-se edificar e reedificar casas da herdade cujas paredes eram ainda de adobe. Nasce então o palácio da Lagoalva com as suas casas e capela.

5foto_3

Em 1834 a Quinta da Lagoalva é comprada por Henrique Teixeira de Sampayo, 1° Conde da Póvoa.

872540646_a32ac67b17

Em 1841-1842 todos os bens passam para D. Maria Luisa Noronha de Sampaio, que casa em 1846 com D. Domingos António Maria Pedro de Souza e Holstein, (1818-1864), 2° Duque de Palmeia, revertendo a partir dessa época os bens para a Casa Palmeia.

2858648039_f1c2967e72_o

Sucessivamente sempre em poder de descendentes do 2° Duque de Palmeia, a Quinta da Lagoalva e as terras que lhe estão anexas, são hoje pertença de são hoje pretença da Sociedade Agrícola da Quinta da Lagoalva de Cima S.A.

casa

CUDELARIA E TOIROS

3foto_7

O cavalo e o toiro aparecem na Lagoalva em 1909, com o 4º duque de Palmela e Marquês do Faial, Luís Borges Coutinho de Medeiros, que formou uma ganadaria e adquiriu, para juntar à sua eguada, uma peara de vinte e quatro éguas na coudelaria do Duque de Toledo – O rei Alfonso XIII de Espanha – situada em Rio Frio, próximo de Madrid.

countessBest

O Cariz Lusitano da coudelaria começou a definir-se já no século XX com base em éguas da Coudelaria Nacional e outras andaluzes, já pertença da coudelaria.

foto_1

A coudelaria visa produzir cavalos destinados à atrelagem, lazer tauromaquia e ensino privilegiando a cor ruça, a cabeça convexa e uma boa conformação física. De entre os produtos da coudelaria podem citar-se os cavalos toureiros: Temporal por Mestre João Nuncio, Biquini montado por José Lupi, Tal por Emídio Pinto ou Altivo por Manuel Jorge de Oliveira e, mais tarde, pelo rejoneador Javire Mayoral.

foto_3

foto_4

foto_6

foto_7

foto_9

foto_2

foto_12

3foto_4

foto_8

ALGUM PORTOFÓLIO

104t026715963_g

vinos_brancos

lagoalvaalfrocheiro-784660

monte

FONTE: Quinta da Lagoalva de Cima

About these ads

8 thoughts on “QUINTA DA LAGOALVA DE CIMA – O ENCANTO DA HISTÓRIA

  1. QUE MARAVILLA DE REPORTAJE. QUE BONITO LA BODEGA, LOS EDIFICIOS, Y LOS CABALLOS.
    ¿ ME PODRIA DECIR EL PRECIO MEDIO DE LOS VINOS? Y SI SE PUEDE VISITAR LAS BODEGAS Y SUS EDIFICIOS.
    SALUDOS JOAQUIN GASSET

    • Com certeza que é sempre possível visitar todas as “bodegas” (em Portugal “Adegas”) que publico. Para tal, deixo sempre o contacto telefónico. Aliás (además) estas empresas e “bodegas” agradecem sempre a visita de quem se dirige. Que lhe parece? Se necessitar de mais algum esclarecimento, tenho o meu contacto telefónico mencionado no meu perfil. Obrigado pelo seu comentário. Jorge Cipriano.

      • MUITO OBRIGADO.Y BOAS FERIAS.MAÑANA VOY PARA ESTORIL A CASA DE MI BUEN AMIGO PAULO NIGRA FIUZA, Y LE COMENTARE QUE QUIERO IR A VISITAR ESTA ADEGA.
        OBRIGADO PELO SEU REPORTAGEMS.JOAQUIN GASSET

  2. ola pessoal vi uma reportagem sobre o vinho de vcs mais o mais curioso q vi q vcs donos tem o sobrenome de campilho . esse sobrenome no brasil aonde vivo ñ e comun somente meu vo q veio da espanha q tem esse sobrenome! ps campilhos q existem são meus parentes

    • é possivel ,todas familias europeias ,viajaram ou foram viver para “novos países” ; novas possibilidades para investimentos e vidas com possibilidades inovadoras!
      espanha ,portugal ,brasil ;faz todo o sentido ,desde o séc, xvi ,até aos nossos dias.

      lisboa ,13 de setembro de 2011

      m c

  3. Olá bom dia!
    Que bela Quinta :) Vi agora a publicidade na televisão.
    Vivo em Leiria mas sou de Torres Novas. Adoro cavalos… (eu e os meus filhos) não fosse eu ribatejana!! Gostaria de saber se fazem turismo rural?
    Bom fim de semana.
    Ana Oliveira

  4. Vi um breve comentario no programa PROVE PORTUGAL,e fiquei sem perceber se tem apenas provas de vinhos, ou se tem tb restaurante, enfim, se me puderem dar uma imagem mais completa, eu agradeço

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s